Uma empresa de soluções em gestão, certificação de qualidade, treinamentos e consultoria – presenciais e à distância. Atuamos com visão sistêmica e prática, oferecendo métodos viáveis e pertinentes à realidade das empresas no Brasil.

Últimas Noticias

ExactaAdministração Hospitalar O que prejudica o negócio das empresas de saúde não é a falta de investimento em equipamento, mas de treinamento.

O que prejudica o negócio das empresas de saúde não é a falta de investimento em equipamento, mas de treinamento.

Para título de comparação vou escolher apenas o setor industrial para vocês terem uma noção do da discrepância que sofremos. Segundo a revista Exame (24 Nov. 15) os profissionais brasileiros recebem em média 16,6 horas de treinamento por ano. Isso significa 0,76% de sua carga de trabalho anual se considerarmos as 44 horas semanais. O americano por sua vez recebe 31,5 horas.

Segundo a mesma revista o investimento também é mais vultoso nos Estados Unidos, pois por profissional, as empresas brasileiras investem R$ 518,00 em treinamentos anualmente, bem menos do que os 1.208 dólares ou R$ 3.986,40 do Brasil. Uma diferença de 87%.

Agora fica a pergunta? Quanto você investiu naquela ressonância magnética? Quanto custou aquele aparelho de última geração de ultrassom? E aquele analisador de química seca? A reforma do Centro Cirúrgico? Seu consultório? Seu curso de doutorado em Harvard? Com certeza muito. Mas não vai adiantar todos este investimento se você não investir significativamente nos colaboradores de ponta. Justamente aqueles que captam seus clientes. São as recepcionistas, os coletadores, as telefonistas, técnicos de enfermagem e assim por diante.

São os “soldados” do front de batalha da conquista ou perda do cliente que são negligenciados por 9 de cada 10 empresas do setor de saúde. O resultado? Bom é só ler o jornal? Troca de pacientes, demora no atendimento telefônico, falta de educação, tratamento desumano só para citar alguns.

Portanto, pense nisso. Se você investir no tanque ou no jato de guerra e o soldado que enche o combustível destreinado. Você vai perder esta batalha tendo a melhor frota e o os melhores generais.

Celio Luiz Banaszeski
Diretor Executivo da Exacta Consultoria Empresarial

Sem comentários

Deixe uma resposta